EMPRESTIMOS LINGUISTICOS DE LIGUA FRANCESA DE SINAIS NA LIBRAS NO GRUPO SEMANTICO SENTIMENTOS

Autores

  • EDER GOMES DE OLIVEIRA UNB

Palavras-chave:

Comunicação, Língua de Sinais, Grupo Semântico.

Resumo

A comunicação é um processo de interação no qual compartilhamos mensagens, ideias, sentimentos e emoções, podendo influenciar o comportamento das pessoas que, por sua vez, reagirão a partir de suas crenças, valores, história de vida e cultura. Uma destas formas de comunicação não verbal é a língua de sinais, que está presente em todos os povos, sendo que uma das mais estudada e desenvolvidas é a língua de sinais francesa (LSF).O empréstimo linguístico é definido como adoção dos usuários de uma língua, de uma palavra ou termo, apara nomear algo, na íngua que fala. Os empréstimos podem ser utilizados na língua como substituição e importação. Tendo em vista que o contato entre línguas gera um compartilhamento de traços comuns, é possível afirmar a presença de traços da língua francesa de sinais dentro da LIBRAS no grupo semântico sentimentos?

Referências

____. Linguística, ecologia e ecolinguística: contato de línguas. São Paulo: Contexto, 2009.Acesso: outubrode 2018.

ALVES, Ieda Maria. Estudos lexicais em diferentes perspectivas [recurso eletrônico] / organizado por Ieda Maria Alves … [et al.]. -- São Paulo : FFLCH/ USP, 2009. 255 p.

COUTO, Hildo H. Contato Interlinguístico: da interação à gramática. Disponível em http://www.ecoling.unb.br/images/Formacao.pdf, 1999. (Acesso em: 05/10/2017)

COVEZZI, Marta Maria. PADILHA, Simone de Jesus. CONTATO DE LÍNGUAS NO ESTUDO DE EMPRÉSTIMOS LINGUÍSTICOS: LÍNGUA DE SINAIS FRANCESA/LIBRAS. Polifonia, Cuiabá-MT, v. 25, n.38.1, p. 01- 192, maio-agosto.2018.

Dicionário da Língua Brasileira de Sinais. Volume 3. Disponível em: http://www. acessibilidadebrasil.org.br/libras_3/. Acesso em outubro. 2018

DUARTE, Anderson Simão. EMPRÉSTIMOS LINGUISTICOS DA LÍNGUA BRASILIERA DE SINAIS – LSB. Linguagens em movimento, Revista Diálogos, ano 1, nº 1.

FREITAS, Maria Teresa de Assunção. Vygotsky e Bakhtin: Psicologia e Educação um Intertexto. Editora Atica, 2003.

MACHADO, Rodrigo Nogueira. Empréstimos linguísticos na Libras.

Florianópolis/UFSC, 2016. (Dissertação Mestrado – Centro de Comunicação e Expressão, programa de Pós-graduação em Linguística) .

SÉMATOS, leportaileuropéendes langues de signes. http://www.sematos.eu/

Spread The Sing: 10 years. Disponível em: https://www.spreadthesign.com/br/ aboutus/ Acesso em Janeiro.2020

STROBEL, Karin. História da Educação de Surdos.Florianopolis: UFSC, 2009.

Downloads

Publicado

2020-12-14